domingo, 16 de novembro de 2014

BHAGAVATI \ GOA \ BIJAPUR - O SANGUE DA DEUSA 1 , 2 e 3 - KARA DALKEY

GOA - O SANGUE DA DEUSA 1 - KARA DALKEY

Como novo 6.00


Thomas Chinnery é o jovem assistente de um Mestre Boticário de Inglaterra, encarregado pelo amo de empreender uma perigosa viagem pelas águas da África Oriental e Índia, controladas pelos Portugueses. Porém, o capitão do barco em que Chinnery navega prefere a pirataria ao comércio. Quando atacam um pequeno navio abastado que se afasta da cidade de Goa, Thomas Chinnery dá início ao caminho que o levará a atravessar os piores pesadelos nas masmorras da Inquisição e daí para o coração da antiga Índia. Isto porque a bordo se encontram um alquimista e uma mulher acusada de heresia. Têm em sua posse um pó misterioso a que chamam Rasa Mahadevi, ou o Sangue da Deusa. Mata os vivos, mas pode também dar vida aos mortos.


BHAGAVATI - O SANGUE DA DEUSA DE KARA DALKEY – 02725

como novo 5.00

Sinopse

Uma colecção com um enredo perfeito e uma história deliciosa baseada emfactos históricos e personagens reais da nossa história como o botânico Garcia de Orta; o governador Coutinho e o vice-rei Albuquerque acusados de heresia; a evocação de Camões que foi acolhido por Garcia de Orta; recheada de intrigas mercantis, campo de batalha de diferentes credos onde a Inquisição se impôs de forma corrupta, conforme relato de um prisioneiro francês da Santa Casa no início do século XVI.
As caravanas dos frades portugueses e da expedição Moghul partem ao mesmo tempo da cidade de Bijapur, levando consigo vários segredos: assassínio, motim, poder divino e traição temporal e só o pequeno padre Timóteo sabe exactamente o que terão de enfrentar quando, por fim, chegarem a Bhagavati.

O SANGUE DA DEUSA – BIJAPUR DE KARA DALKEY - 02709

Como novo 5.00

Neste volume continua a sua brilhante evocação da Índia do século XVI, do comércio dos Portugueses e Ingleses, das especiarias e da cultura das ervas, da poderosa Inquisição goesa, dos frades jesuítas e do poder político da Igreja... Bijapur era uma encruzilhada de religiões e de culturas, no centro da Índia setentrional. Thomas Chinnery, agora, cativo dos Frades Negros, é obrigado a chefiar uma expedição no coração do misterioso subcontinente na companhia de Timóteo cujo avô, Garcia de Orta, fora um dos grandes naturalistas da Europa, um dos primeiros a descrever as virtudes medicinais das ervas do Industão. Thomas tem conhecimento de um pó miraculoso, e mentiu aos Inquisidores, ao dizer-lhes que conhecia o caminho para a origem do pó, e cada quilómetro de trilho na selva o leva para mais perto da descoberta e da execução. Porém, há alguém que acompanha Thomas e os frades e que sabe muito acerca do Rasa Mahadevi. A senhora Aditi, ligada a feiticeiros, procurada pela Inquisição e filha adoptiva da própria deusa, conduz a caravana comercial que acompanha os Europeus. Aditi fica obcecada com Thomas e quase se apaixona por ele. Conduzi-lo-á, mostrando-lhe o caminho para a cidade oculta da Deusa, esperando que se converta à sua fé viva e consiga a aprovação da sua mãe adoptiva. Thomas Chinnery será testado na cidade de Bijapur, nas fronteiras das terras de Mahadevi. A partir daí, o seu destino dependerá das acções que praticar e da vontade da própria Deusa.

Sem comentários:

Enviar um comentário